Nostalgia: Rock and Roll Racing

Corrida, desafio e muito Rock and Roll!

Este post é especial, pois vou falar de um jogo que marcou muito minha infância e que recentemente voltei a jogar só para matar a saudade daquele tempo inesquecível. Eu estou falando de Rock and Roll Racing, um verdadeiro clássico dos jogos para Super Nintendo da década de 90 que marcou corações pelo mundo a fora com suas corridas desafiadoras e suas músicas alucinantes e que certamente influenciou muitos outros jogos do gênero! Eu sempre gostei muito de jogos no geral, não tenho hoje um gênero específico na hora da diversão, apesar de já ter sido bastante viciado em RPG’s eletrônicos e jogos de estratégia em tempo real como o clássico Age of Empires II e III para Windows, assim como outros. Mas no início de tudo, o RRR foi um jogo que marcou e por isso, nada mais justo do que fazer esse pequeno post para relembrar o passado e o próprio jogo.

Lembro muito bem quando eu gastava muito tempo jogando ele e curtindo seus sons irados. Recentemente,  voltei a jogar alguns clássicos no emulador do Snes que baixei no meu celular e de longe lembrei dele. Assim como outros jogos que também me marcaram como o inesquecível F-Zero Grand Prix I e II e Top Gear.  Mas nada como este jogo. É improvávelque Rock and Roll Racing possa faltar na minha listinha de roms para emulador do Snes no celular… Mas por que falar logo desse jogo? Bom, virei simplesmente fã incondicional desse joguinho desafiador desde a primeira vez que o joguei; suas músicas, todas aquelas ambientações espaciais da época me tocava de uma forma especial; os personagens e tudo mais… eu achava muito irado e muito legal… como ainda acho. É muito nostálgico jogar ele mais uma vez, ele me trás de volta um tempo muito legal que era minha infância.

Mas como é Rock and Roll Racing, afinal? Ele pode ser resumido em simplesmente: destruição, lasers, bombas, propulsores, mísseis, minas terrestres, e muito rock and roll!! Haha… É um clássico da empresa Blizzard que na época tinha o nome de Silicon & Sinapse Inc. que também veio a ser produtora de outros grandes jogos como Warcraft, World of Warcraft, Diablo e Starcraft (só jogões fodas!). Criado em 1993 e publicado pela Interplay, o grande forte do jogo é certamente as músicas que compõe a magnífica trilha sonora do jogo, com um estilo bem rock and roll mesmo, adiciona mais emoções às corridas, ultrapassagens e principalmente as batidas.

A história do jogo acontece como se tudo acontecesse em um grandioso campeonato intergaláctico de corrida de carros ultra-avançados com competições em diversos planetas sinistros que também representavam seus anfitriões malucos.

Uma coisa legal no jogo é a parte de customizar seu carro de corrida, permitindo equipar ao máximo seu carro com armas de lasers, lataria, pneus, propulsores e entre outras coisas. O sistema de câmera do jogo é isométrico que junto com a jogabilidade boa do game se torna muito agradável. Existem três níveis de dificuldade que são: Rookie, Veteran, e Warrior, sendo que o mais fácil, que é o caso do Rookie, é possível finalizar em menos de uma hora. Imagina o nível Warrior…

Quanto a trilha sonora, bom, o jogo possui uma lista de grandes músicas do rock, que diga-se de passagem, são o grande ponto forte do jogo que junto com outros fatores, como as  batidas dos carros, destruição, tornam o jogo sensacional! Elas são:

Henry Mancini – Peter Gunn Theme

Black Sabbath – Paranoid
Steppenwolf – Born To Be Wild
George Thorogood and the Destroyers – Bad to the Bone
Golden Earring – Radar Love (Somente na versão para Mega Drive)
Deep Purple – Highway Star.

A inesquecível e empolgante narração do americano Larry Huffman (um grande narrador esportivo americano) nos faz lembrar das tentativas frustradas de reproduzir aquelas frases que ele soltava durante alguns momentos na corrida quando criança. Que tal o clássico Let’s the carnage begins! memorável!

Os personagens bem rock and roll, também chamam a atenção com suas excentricidades cabulosas. Eles vareiam desde punk de moicanos à lutadores mascarados, elfos e vikings secretos. Neles, também podemos identificar algumas referencias à filmes como Star Wars. O negócio era escolher seu personagem, seu carro e partir para a disputa, ganhar o precioso dinheiro intergaláctico e turbinar seu carro para o próximo desafio. Tudo com uma generalidade e ao mesmo tempo simplicidade que marcava para valer junto com aquelas músicas alucinantes. Os principais personagens são Snake Sanders do planeta Terra; Cyberhawk de Serpentis; Ivanzypher de Fleagull; Katarina Lyons de Panteros; Tarquinn de Aurora; Jake Badlands de Xeno Prime.

 

Então isso é tudo pessoas, espero que tenham gostado. E, caso alguém nunca tenha jogado este jogo, eu recomendo muito, pois vale muito a pena experimentar essa loucura. Até a próxima.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s